Skip to content

Dólar opera em queda com PEC dos Precatórios e dados dos EUA no radar

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 24/11/2021

dólar opera em queda nesta quarta-feira (24), com investidores atentos ao noticiário em torno da PEC dos Precatórios enquanto aguardavam a divulgação de uma bateria de dados nos Estados Unidos.

Às 9h20, a moeda norte-americana recuava 0,55%, a R$ 5,5777. Veja mais cotações.

Na terça-feira, o dólar fechou em alta de 0,27%, a R$ 5,6083. Com o resultado, passou a acumular recuo de 0,70% no mês. No ano, ainda tem valorização de 8,12% contra o real.

Offshore: Bolsas operam mistas nesta quarta-feira.  Dia de divulgação de diversos indicadores nos EUA. Após forte alta no dia de ontem, o petróleo Brent futuro opera estável em 0,4% sendo negociado a USD 82,6/bbl, mesmo com a decisão de países como EUA, China, Japão, Índia, Coréia do Sul e Reino Unido de utilizar suas reservas estratégicas de petróleo. Alemanha está considerando anunciar lockdown parcial ou até mesmo total em seu território, e tornar a vacinação obrigatória, devido a piora dos casos de covid-19 no local.

Onshore: Apresentação do relatório da PEC dos Precatórios na CCJ do Senado. A tendência é que a votação na comissão aconteça amanhã e, em plenário, na próxima terça-feira. Uma negociação para evitar o fatiamento da proposta e aprovar um texto que contemple as mudanças propostas pelos senadores, restando à Câmara ratificá-lo está em andamento.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

1. Auxílio Brasil permanente

Em mais um capítulo sobre a PEC dos Precatórios, o governo aceitou que o valor do Auxílio Brasil seja de R$ 400 de forma permanente e que não seja necessário indicar a fonte dos recursos.

Isso faria com que o novo programa de renda se tornasse similar a uma despesa obrigatória. Essa medida também dribla a Lei de Responsabilidade Fiscal, que determina a necessidade de indicar uma receita ou um corte no orçamento antes de criar um novo gasto.

O líder do governo e relator da PEC, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), defende que como o projeto é uma emenda constitucional, essa contrapartida orçamentária já está suprida. Porém, Bezerra afirma que não permitirá que o Auxílio Brasil não seja pago fora do teto de gastos. O texto do relator deve ser entregue hoje.

CONFIRA: Cotação das ações brasileiras

2. Despejo de dados antes do Dia de Ação de Graças

Por causa do dia de Ação de Graças, os EUA devem publicar seus dados econômicos semanais hoje, os quais provavelmente informarão as próximas deliberações do Federal Reserve sobre a aceleração da eliminação gradual de suas compras de títulos.

A manhã começa com os números sobre o mercado de hipotecas às 9h. Os dados revisados ​​do PIB do terceiro trimestre serão anunciados às 10h30, juntamente com os pedidos de seguro-desemprego semanais, pedidos de bens duráveis ​​de outubro e a balança comercial de outubro.

índice básico de gastos pessoais de consumo para outubro é publicado às 12h, junto com dados de renda pessoal e gastos familiares.

LEIA MAIS: Com renomeação de Powell, foco passa para ritmo de redução de compras de títulos do Fed

3. Alemanha preparada para apresentar novo governo

A Alemanha exibirá seu primeiro governo de coalizão de três vias em mais de 50 anos em uma entrevista coletiva hoje. Isso confirmará Olaf Scholz, um centrista do Partido Social-Democrata de centro-esquerda, como chanceler e provavelmente entregará o Ministério das Finanças a Christian Lindner, dos democratas livres pró-negócios e um tanto eurocéticos. O terceiro partido da coalizão são os verdes.

Dado que os liberais e os Verdes estão em lados opostos do debate em torno de questões como mudança climática e tributação, a coalizão terá que trabalhar mais do que os democratas-cristãos de Angela Merkel para permanecer coesa.

A nova coalizão assume o poder em um cenário de saúde cada vez pior: a taxa de infecção de 7 dias para Covid-19 é duas vezes superior ao pico do inverno passado. O subíndice de expectativas do índice de confiança empresarial do instituto Ifo caiu em novembro.

LEIA MAIS: Lira se recupera após mínima recorde, mas preocupações permanecem

4. Mercado americano de ações

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em baixa mais tarde, sob a pressão contínua de um mercado de títulos que parece cada vez mais tenso à medida que o Federal Reserve começa a desacelerar suas compras de ativos.

Às 08h58, Dow Jones futuros caíam 0,29%, enquanto {{8839|{{S&P 500 futuros}} caíam 0,4%, assim como Nasdaq 100 futuros recuavam 0,15%.

Nasdaq teve um desempenho inferior por causa das vendas de ações da Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) pelo CEO Elon Musk, e também por causa dos problemas na cadeia de suprimentos e possível escassez de estoque, que assustaram varejistas como Best Buy (NYSE:BBY) (SA:BBYY34), Gap (NYSE:GPS) (SA:GPSI34), Urban Outfitters (NASDAQ:URBN) e Abercrombie & Fitch (NYSE:ANF).

CONFIRA: Cotação dos principais índices globais

5. Correção do petróleo após os dados de estoques da API

Os preços do petróleo bruto estão se corrigindo após um aumento de curto prazo na terça-feira em resposta ao anúncio coordenado de liberações de reservas pelos maiores importadores do mundo.

Embora os volumes envolvidos não pareçam suficientes para sinalizar uma mudança real no atual equilíbrio entre oferta e demanda, o efeito de sinalização política de uma coalizão que abrange os EUA, Índia e China foi talvez mais forte do que inicialmente apreciado .

Além disso, dados do American Petroleum Institute mostraram um aumento surpreendente de 2 milhões de barris nos estoques americanos de petróleo na semana passada.

Às 09h04, os futuros do petróleo dos EUA subiam 0,29%, a US$ 78,73 o barril, enquanto os futuros do Brent avançavam 0,13%, a US$ 82,42.

https://br.investing.com/news/stock-market-news/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-quartafeira-945682
https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/11/24/dolar.ghtml

Siga nossas redes

Veja mais