Skip to content

Dólar opera em queda à espera de discurso do presidente do BC dos EUA

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 27/08/2021

O dólar opera em queda nesta sexta-feira (27), à espera do discurso do chefe do banco central norte-americano, esperado para o final da manhã.

Às 9h04, a moeda norte-americana era vendida a R$ 5,24, em queda de 0,23%. Veja mais cotações.

Na quinta-feira, o dólar fechou em alta de 0,87%, a R$ 5,2566. Na semana, acumula queda de 2,30%. No mês, sobe 0,90%. No ano, o avanço é de 1,34% ante o real.

Fonte: TradingView

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira

1. Discurso de Powell em Jackson Hole

O evento mais esperado da semana/mês/ano/milênio (exclua conforme apropriado) ocorre finalmente nesta sexta-feira.

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, falará no simpósio anual de pesquisa do banco central em Jackson Hole às 11h00, e deve dar uma orientação clara quanto ao cronograma para reduzir as compras de títulos do Fed.

Rodando a US$ 120 bilhões por mês desde a primeira onda da pandemia, eles sustentaram a demanda global por dólares durante um período de extrema tensão no mercado, além de permitir o financiamento de apoio emergencial do governo federal à economia. Três dos colegas de Powell sugeriram na quinta-feira que o atual grau de acomodação não era mais necessário, dado o quanto a economia dos EUA se recuperou. No entanto, nenhum dos três tem direito a voto no comitê de definição de políticas deste ano.

LEIA MAIS – A “Open Mouth” do Fed: o Que Esperar do Simpósio de Jackson Hole

2. Solução jurídica para precatórios

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, afirmou que a PEC sobre os precatórios poderá incluir o aval do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para que se tenha uma unanimidade em todos os tribunais. Ele também sugeriu uma adaptação no projeto para que o limite de pagamento dos precatórios num ano seja guiado pela mesma dinâmica da regra do teto de gastos.

A proposta de Fux é que o pagamento do estoque dos precatórios cresça na proporção da inflação e que seja pago prioritariamente dívidas de menor valor e de natureza alimentícia, buscando parcelas as demais no menor prazo possível.

A solução encontrada no STF representaria um corte de R$ 49,1 bilhões nessas obrigações para o ano que vem, enquanto projeto original previa uma redução de R$ 33,5 bilhões. Os gastos previstos para precatórios do ano que vem sobem de R$ 54,7 bilhões em 2021 para R$ 89,1 bilhões, aumento de R$ 34,4 bilhões que comeria a folga fiscal para o ano que vem que seria utilizada para ampliar o valor do benefício do Programa Bolsa Família (renomeado para Auxílio Brasil).

Ao participar da Expert XP, Guedes afirmou que essa saída seria um equacionamento “muito interessante” por corrigir vícios de origem e que essa proposta deve ser discutida nas próximas duas semanas.

LEIA MAIS: “Acho muito improvável que o dólar vá para R$ 6 agora”, afirma Stuhlberger

3. Ações devem abrir em alta nos EUA

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em alta mais tarde, recuperando algumas das perdas de quinta-feira, com sua direção subsequente extremamente dependente da mensagem enviada por Powell de Jackson Hole.

Às 08h12, Dow Jones futurosS&P 500 futuros e Nasdaq 100 futuros subiam respectivamente 0,24%, 0,31% e 0,35%.

Powell fará seus comentários com os mercados ainda próximos das máximas históricas, apoiados pelos volumes de liquidez sem precedentes criados pelo banco central desde o início da crise da pandemia, em março de 2020.

LEIA MAIS: Guinada dos BCs ante política monetária da era da crise ganha ímpeto

4. HP lança pessimismo sobre indústria de PCs; China derruba setor de Internet

Houve mais evidências de que a escassez de semicondutores interromperá a produção de hardware por algum tempo, depois que a HP (NYSE:HPQ) (SA:HPQB34) avisou, em sua atualização de resultados trimestrais, que não será capaz de atender a todos os pedidos de seus PCs e laptops no trimestre atual.

As notícias da HP fizeram com que suas próprias ações e as da fabricante rival Dell Technologies (NYSE:DELL) (SA:D1EL34) chegaram a cair mais de 5% nas negociações após o fechamento na quinta-feira. A notícia veio no mesmo dia que a Taiwan Semiconductor Manufacturing (NYSE:TSM) (SA:TSMC34), uma das maiores fabricantes de chips para outras empresas, disse que aumentaria os preços entre 10% e 20%.

A maioria das principais montadoras do mundo anunciou nas últimas semanas que terão que reduzir a produção no trimestre atual devido à escassez de chips e outros componentes, um problema agravado pelos contínuos confusões na indústria de transporte marítimo global devido aos bloqueios na China.

Na Ásia, o regulador do ciberespaço da China emitiu um novo conjunto de projetos de regulamentação com impactos potencialmente de longo alcance nas empresas de Internet do país, o mais recente de uma série de ações regulamentares destinadas a limitar tanto seu poder econômico quanto seu potencial poder político. Os novos regulamentos tornariam ilegal algoritmos projetados para encorajar o vício, ou o que chamamos de “compulsão excessiva”, algo que provavelmente afetará as mídias sociais e as empresas de jogos. Também incluem disposições relativas à segurança nacional e ordem pública.

Em notícias relacionadas, a Suprema Corte da China emitiu um novo conjunto de casos “modelo” que busca fortalecer os direitos dos trabalhadores, como parte dos planos do governo para reduzir as desigualdades de renda. Separadamente, o The Wall Street Journal informou que Pequim está se preparando para proibir as empresas com dados confidenciais de listar nos EUA, em mais uma prova do divórcio dos dois maiores mercados de capitais do mundo.

CONFIRA: Cotação dos principais índices globais

5. Petróleo sobe conforme tempestade se aproxima; Líbia corta oferta

Os preços do petróleo bruto subiram antes do discurso de Jerome Powell, o que provavelmente influenciará os preços no final do dia por meio de seu efeito sobre o preço do dólar. Um dólar mais alto provavelmente pesará sobre os preços e vice-versa.

Também apoiando os preços estava a notícia de que a maior divisão operacional da Companhia Nacional de Petróleo da Líbia será forçada a interromper a produção – atualmente em mais de 200.000 barris por dia – devido à disputa do governo sobre as receitas orçamentárias, que a deixaram sem condições de pagar os salários e outros custos de entrada.

CONFIRA: Cotação das principais commodities globais

Às 08h27, os contratos futuros do petróleo WTI avançavam 1,6%, a US$ 68,50 o barril, enquanto os futuros do petróleo Brent subiam 1,42%, a US$ 71,18 o barril. Os dados de contagem de sonda da Baker Hughes e os números da Commodity Futures Trading Commission sobre as posições especulativas líquidas encerram o dia, com o mercado também atento às atualizações sobre o progresso da Tempestade Tropical Ida.

https://br.investing.com/news/stock-market-news/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-sextafeira-910393
https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/08/27/dolar.ghtml

Siga nossas redes

Veja mais

Exchange

Dólar sobe forte e opera acima de R$ 5,30

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 20/09/2021 O dólar opera em forte alta nesta segunda-feira (20), na entrada em