Skip to content

DÓLAR OPERA EM ALTA DE OLHO NO EXTERIOR E “DEBANDADA” DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 12/08/2020

Por: Marcelo Coutinho

MERCADO DE CÂMBIO

O dólar opera em alta quarta-feira (12), após mostrar instabilidade na abertura, com os investidores de divididos entre a fraqueza da moeda norte-americana no exterior e os impactos da “debandada” no Ministério da Economia brasileiro após a saída de mais dois secretários da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Às 11h07, a moeda norte-americana subia 0,92%, a R$ 5,4647. Na máxima até o momento chegou a R$ 5,4732; na mínima foi a R$ 5,4001. Veja mais cotações.

Na terça-feira, o dólar encerrou o dia em baixa de 0,90%, a R$ 5,4151. No mês, a moeda acumula alta de 3,80%, e no ano, de 35,05%.

Leia Mais

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercadoLeia Mais

1. Dólar e rendimentos do Tesouro sobem aumentam antes da grande venda de notas de 10 anos

O dólar atingiu seu nível mais alto em duas semanas e os rendimentos do Tesouro dos EUA em 10 anos atingiram seu nível mais alto em mais de um mês, enquanto o ouro se estabilizou após sua queda de 5% na terça-feira.

2. Biden escolhe Kamala Harris

O candidato presidencial do Partido Democrata, Joe Biden, escolheu a senadora Kamala Harris da Califórnia como sua companheira de chapa, em um movimento que pareceu aumentar o apoio entre mulheres e minorias étnicas e assegurar aos eleitores de centro que a ala progressista do partido não terá influência indevida na formação política se Biden for eleito em novembro.

3. Ações devem se recuperar, divisão de ações da Tesla (NASDAQ:TSLA) e balanço da Tencent em foco

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em alta após a queda na véspera, quando o aumento nos rendimentos dos títulos reintroduziu a ideia quase esquecida de taxas de desconto de volta nas avaliações de ações.

4. Reino Unido obtém o maior sucesso contra Covid-19 de todos

A economia do Reino Unido contraiu mais de 20% no segundo trimestre, a maior contração de qualquer grande economia industrializada. A contração foi resultado de uma reação tardia e mal feita à primeira onda do surto do coronavírus, e também um reflexo da maior participação dos serviços no PIB em relação a outras economias.

5. Petróleo salta com dados de estoques; relatório da OPEP esperado

Os preços do petróleo bruto se recuperavam das baixas de terça-feira, que foram em grande parte uma consequência da evolução de outros ativos.

Leia Mais

Fontes: Fonte: G1Investing.com

Siga nossas redes

Veja mais

Exchange

Dólar sobe forte e opera acima de R$ 5,30

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 20/09/2021 O dólar opera em forte alta nesta segunda-feira (20), na entrada em