Skip to content

Dólar abre em alta em dia de decisão sobre juros

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 05/05/2021

dólar abriu em alta nesta quarta-feira (5), em dia de decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central sobre a taxa básica de juros da economia. A expectativa do mercado é de que a Selic seja elevada novamente em 0,75 ponto percentual, para 3,5%.

Às 9h06, a moeda norte-americana subia 0,10%, cotada a R$ 5,4352. Veja cotações.

Na terça-feira, fechou em alta de 0,20%, a R$ 5,4297. Na parcial da semana e do mês, a moeda norte-americana tem queda acumulada de 0,02%. No ano, o avanço é de 4,67%.

Fonte: TradingView

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

1. CPI da Covid e Reforma Tributária

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse em depoimento à CPI da Covid nesta terça-feira (4) que o presidente Jair Bolsonaro se aconselhava com um grupo paralelo sobre o enfrentamento ao coronavírus, e contou ter participado de reunião no Palácio do Planalto onde foi avaliada possível mudança na bula da cloroquina para utilização contra a Covid-19.

Mandetta foi o único a prestar depoimento nesta terça, depois que a fala do também ex-ministro Nelson Teich foi transferida para esta quarta-feira. Originalmente a quarta seria dedicada a depoimento de outro ex-ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, mas fala foi adiada para 19 de maio.

Enquanto isso, o parecer do relator da Reforma Tributária, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), foi lido ontem na comissão especial mista do Congresso.

O texto prevê a extinção de duas contribuições – o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) – e de três impostos – o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Serviços (ISS). Atualmente, as contribuições ficam inteiramente com a União, o IPI é partilhado entre União e governos locais, o ICMS fica com os estados, e o ISS, com os municípios.

2. Comentários de Yellen lançam uma nova luz 

A ADP publicará a estimativa de contratação no setor privado americano de abril às 9h15, horário Brasília, e deve corroborar as evidências de uma recuperação contínua e forte no mercado de trabalho dos EUA. Os analistas esperam que 800.000 novos empregos no setor privado tenham sido criados à medida que os setores de hospitalidade e outros serviços aproveitaram a liberdade expandida para operar.

Na terça-feira, a secretária do Tesouro e ex-presidente do Fed, Janet Yellen, desencadeou uma turbulência nos mercados de ações ao dizer que as taxas de juros “podem ter que subir” para impedir o superaquecimento da economia. Seus esforços subsequentes para reverter os comentários não mudaram a percepção de que tais etapas já estão no radar dos formuladores de políticas.

3. Dogecoin mania atinge novos picos

Dogecoin disparou outros 38% para um novo recorde de mais de 66 centavos de dólar, à medida que o frenesi pela criptomoeda se intensificou antes de uma aparição ansiosamente esperada do entusiasta da Elon Musk como apresentador convidado do Saturday Night Live.

Os blogs criptográficos anunciam a possibilidade de Musk, cujo apoio público ao Dogecoin provocou o aumento de seu preço neste ano, usar o pódio para aumentá-lo mais uma vez.

A capitalização de mercado da Dogecoin agora aumentou para US$ 85 bilhões, após uma alta de 118% nos últimos sete dias. O ativo, que começou como uma piada e não tem utilidade econômica ou social óbvia, é agora a quarta maior criptomoeda em valor de mercado.

4. Índia afrouxa política monetária com pandemia fora de controle

O banco central da Índia afrouxou a política monetária nas margens para ajudar o país a lidar com uma onda de Covid-19 que ainda está essencialmente fora de controle.

O Reserve Bank of India anunciou um novo mecanismo de empréstimo a prazo no valor de US$ 7 bilhões para ajudar as entidades de saúde a terem acesso ao crédito enquanto lutam por suprimentos básicos e oxigênio. O índice de ações Nifty 50 de referência subiu 0,7% em resposta, enquanto as ações de bancos com mais força.

rupia, que havia se fortalecido quase 2% na semana passada, caiu 0,3% em relação ao dólar, para 73,955.

O país relatou uma segunda queda consecutiva em novos casos diários para 382.000 na terça-feira, mas a maioria dos analistas diz que o número é provavelmente subnotificado. As mortes de oficiais por Covid-19 atingiram um novo recorde diário de 3.780.

5. Petróleo testa US$ 70 após queda de estoque

Os futuros do Brent testaram US$ 70 o barril pela primeira vez em dois meses depois que o American Petroleum Institute relatou a maior queda semanal dos estoques desde novembro.

Às 7h45, os futuros do WTI subiam 1,1%, a US$ 66,41 o barril. Já o Brent avançava 1,1%, a US$ 69,66.

Fonte:

https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/05/05/dolar.ghtml

https://br.investing.com/news/stock-market-news/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-quartafeira-862968

Siga nossas redes

Veja mais

Exchange

Dólar abre a semana em queda

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 21/06/2021 O dólar opera em queda nesta segunda-feira (21). Às 10h18, a moeda norte-americana caía