Skip to content

Dólar abre a semana em leve queda

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 22/11/2021

dólar opera em leve queda nesta segunda-feira (22), mas se mantendo no patamar de R$ 5,60.

Às 9h48, a moeda norte-americana recuava 0,10%, cotada a R$ 5,6022. Veja mais cotações.

Na sexta-feira, o dólar fechou em alta de 0,70%, a R$ 5,6080, acumulando avanço de 2,75% na semana. No mês, ainda registra queda de 0,70%. No ano, tem valorização de 8,11% contra o real.

Offshore: Bolsas operam positivas nesta segunda-feira. Desaceleração da economia chinesa, agravada pela crise no setor imobiliário, com um tom dovish no relatório do PBoC e expectativa da decisão do presidente Joe Biden a respeito do novo dirigente do FED são os principais tópicos offshore. Petróleo Brent futuro opera em alta de 0,4% sendo negociado a USD 79,2/bbl.

Onshore: Foco local esta na PEC dos Precatórios que será apreciada na CCJ do Senado nesta quarta-feira mesmo sem texto definido. Presidente Bolsonaro sancionou projeto que cria o Vale Gás, onde famílias beneficiadas receberão 50% do valor do botijão de gás (por volta de R$ 98,7 (valor de Out/2021)) por bimestre. Programa tem um custo estimado de R$ 6bi ao ano.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta segunda-feira

1. China sugere flexibilização monetária

O banco central da China deu a entender que vai flexibilizar a política monetária do país, à medida que enfrenta uma desaceleração causada pelos problemas do setor imobiliário.

O Banco Popular da China deixou sua taxa básica de juros inalterada em 3,85% na sua última reunião sobre a política monetária, mas retirou alguns de seus comentários mais agressivos do comunicado que acompanha a decisão. Ele havia falado anteriormente da necessidade de controlar rigidamente a oferta monetária e não sobrecarregar a economia com estímulos.

iuan, que tem sido uma das moedas mais fortes dos mercados emergentes durante todo o ano, subiu para 6,3794 em relação ao dólar, continuando a testar o que seria uma máxima de 3 anos e meio, enquanto os índices de ações de referência subiram até 1,4%.

CONFIRA: Cotação das principais moedas globais

2. As limitações da PEC dos Precatórios

Apesar da PEC dos Precatórios abrir um espaço de R$ 89,6 bilhões no Orçamento em 2022, é improvável que o Governo consiga cumprir todas as promessas feitas, como o reajuste salarial para funcionários públicos.

De acordo com cálculos feitos pela economista da Tendências Consultoria e pesquisadora da FGV-Ibre, Juliana Damasceno, e apresentados ao Valor Econômico, as despesas prometidas como Auxílio Brasil, correção de mínimos constitucionais e emendas impositivas, vale-gás, Auxílio diesel, expansão do fundo eleitoral e revisão de gastos indexados ao INPC, já alcançam os R$ 102,7 bilhões.

Isso faria com que ainda faltassem R$ 13,1 bilhões no Orçamento, além do total que seria liberado pela PEC dos Precatórios.

LEIA MAIS: Bolsonaro sanciona lei que cria Auxílio Gás

3. Mercado americano de ações

As ações dos EUA devem começar a semana claramente em alta, após fechar a semana passada de forma mista, dividida entre uma perspectiva econômica geralmente positiva e o medo de um aperto acelerado da política monetária. O vice-presidente do Federal Reserve, Richard Clarida, reconheceu que os formuladores de políticas do Fed podem discutir uma eliminação mais rápida de suas compras de títulos do que o planejado atualmente quando se reunirem novamente no mês que vem.

Às 08h57, os futuros da S&P 500 subiam 0,41%, enquanto os da Nasdaq 100 e do Dow Jones avançavam 0,38% e 0,48%, respectivamente. O EWZ, ETF que mede o desempenho das ações brasileiras em Wall Street, tinha alta de 0,14% no pré-mercado.

O dia está desprovido de indicadores econômicos importantes. A Zoom Video (NASDAQ:resultados trimestrais, mas somente após o fechamento. Outras ações em foco incluem a Vonage (NASDAQ:VG), que a Ericsson (BS:ERICAs) quer comprar por US$ 6,2 bilhões, e a KKR, que acendeu um incêndio nas ações europeias de telecomunicações com uma oferta pela Telecom Italia (MI:TLIT).

CONFIRA: Cotação dos principais ativos mundiais

4. A Europa se revolta contra as medidas da Covid-19

A taxa de inflação da Alemanha atingirá 6% este mês, enquanto a economia desacelerará, alertou o Deutsche Bundesbank em um relatório mensal que coloca o recente aumento nos casos de Covid-19 em toda a Europa em um contexto ainda mais sombrio.

Houve motins contra a reintrodução de restrições de mobilidade na Holanda e na Bélgica no fim de semana, e protestos em menor escala na Itália, Croácia e Áustria, o último dos quais impôs um bloqueio total em todo o país no final da semana passada.

Karl Lauterbach, um importante especialista em saúde do SPD de centro-esquerda que provavelmente chefiará o próximo governo de coalizão, disse no fim de semana que o país não podia mais descartar a obrigatoriedade de vacinação para todos. O euro continuou a lutar abaixo de US $ 1,1300, enquanto isso.

LEIA MAIS: Peso chileno salta após candidato de extrema direita liderar 1° turno eleitoral

5. O petróleo enfrenta dificuldades após o Japão se aquecer com os planos de liberação de reservas

As notícias da Europa também enfraqueceram o petróleo, o que gerou expectativas de restrições generalizadas à mobilidade nos próximos meses. Instituições como a IEA e a Opep já alertaram que o mercado pode passar de escassez a superávit em função dessa e de outras tendências.

Às 08h58, os futuros de petróleo nos EUA recuavam 0,74%, a US$ 75,38 o barril, enquanto os de Brent caíam 0,71%, a US$ 78,33.

CONFIRA: Cotação das principais commodities globais

Na sexta-feira, os dados da CFTC mostraram que as posições compradas especulativas caíram novamente na semana até terça-feira, sugerindo que os players perderam a fé no ímpeto do petróleo em meio a conversas crescentes sobre uma liberação coordenada de reservas estratégicas por grandes consumidores. O novo primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, indicou anteriormente que o Japão estaria aberto a tal movimento.

https://br.investing.com/news/stock-market-news/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-segundafeira-944574
https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/11/22/dolar.ghtml

Siga nossas redes

Veja mais